quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Sobre o Noviciado na SJ

Salvador, 03 de Fevereiro de 2011


Como alguns já sabem, em dezembro de 2010 fui admitido ao Noviciado na Companhia de Jesus (jesuítas). Essa etapa quer ser uma ruptura com os padrões da sociedade, principalmente a busca desenfreada pelo maior "consumo" ou "prazer" (comodismo). Entretanto, essa etapa vai um pouco além da simples ruptura. Ela implica também no início oficial de uma história de dedicação total ao serviço do Senhor. Serei provado de diversas maneiras, no meu orgulho, no meu ânimo, na minha caridade, na minha Fé, na vocação... Enfim, será um tempo de purificar o chamado que Deus me fez para servi-lo na Companhia de Jesus, um tempo de maior conhecimento sobre mim, Deus e a Companhia.

Estou muito animado por viver essa nova etapa. Sei que Deus reserva experiências muito ricas a mim e a meus companheiros. Que nesse ano serão três, além dos outros que já estão na casa.

Amanhã, dia 04, às 15h (horário de Salvador) será a missa de entrada oficial no Noviciado. Então, hoje, despeço-me temporariamente desse espaço que ficará sem novas postagens por tempo indeterminado, pois o acesso a internet também será limitado durante este período.

forte abraço,

Gabriel Leitão

5 comentários:

jvtayah disse...

Que Deus o abençoe nesta caminhada, meu amigo. Fico triste por você estar tão longe, mas feliz por saber que está trilhando caminhos retos e sábios.

Pode contar sempre comigo!

Um grande abraço.

Anônimo disse...

Postagem interessante neste blog, post como aqui está dão vida a quem quer que observar neste blog :)
Escreve mair quantidade de este sítio, aos teus seguidores.

Anônimo disse...

Oi foi a 1ª vez que li o teu blogue e gostei muito!Bom Projecto!
Adeus

Fabiola Dias disse...

Meu caro amigo Biel, permita-me chamar assim. Tenho somente um desejo que vc seja eternamente feliz, nunca, jamais esquecerei de vc, nem quando eu estiver velhinha que nem a historia do neoqeav. Deus te abençõe sempre. Um abraço apertado

Borborea disse...

Como tu consegue acreditar? Porque? Como é o teu deus?