terça-feira, 6 de outubro de 2009

Se eu me lembrasse de Ti

de P. Orlando Gambi, Missionário Redentorista

Senhor,
se eu me lembrassede ti
quando vem uma tristeza, às vezes, misteriosa.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem uma dor, às vezes, intensa.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem um decepção, às vezes, inesperada.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem uma angústia, às vezes, absorvente.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem desânimo, às vezes, desolador.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem uma solidão, às vezes, tola.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem um medo, às vezes, absoluto.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem uma tentação, às vezes, terrível.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem um pensamento, às vezes, louco.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem uma má vontade, às vezes, muita.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem uma paixão, às vezes, incontrolável.

Se eu me lembrasse de ti
quando vem todos os males, às vezes, juntos.

Se eu me lembrasse de ti:
que tu sempre és bom,
que tu sempre ajudas,
que tu sempre atendes,
que tu nunca falhas,
então, eu não erraria tanto
e as minhas misérias não seriam tantas!

Perdoa, Senhor, às vezes te esqueci,
e não permitas que eu te esqueça mais nenhuma vez!

Nenhum comentário: