sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Vida Humana Internacional felicita a Bispo que censurou a "católicas" abortistas


.- O Padre Thomas J. Euteneuer, Presidente do Human Life International (Vida Humana Internacional), felicitou esta semana ao Dom Robert C. Morlino, Bispo de Madison, no estado de Wisconsin (EUA), por sua carta à legislatura desse estado, na qual assinalava a ilegitimidade do grupo abortista "Católicas pelo Direito a Decidir" (CDD).

Faz poucos dias, CDD dirigiu uma carta "confidencial" aos congressistas estatais para impedir a introdução de uma cláusula a favor do direito à objeção de consciência a uma lei que pretende converter em obrigatória a distribuição da "pílula do dia seguinte".

A cláusula, impulsionada pelos bispos do estado, protegeria aos profissionais da saúde de ser obrigados a subministrar o fármaco abortivo contra sua consciência.

A CDD enviou a carta aos congressistas apresentando-se como os "verdadeiros" representantes da Igreja Católica, assinalando que a consciência dos católicos não podia passar por cima do suposto "direito" das mulheres a abortar.

Informado da manobra da CDD, Dom Morlino, um dos mais enérgicos defensores da vida, esclareceu aos congressistas que a CDD era um organismo que não só não representava à Igreja, senão que tinha sido declarada oficialmente pelo Episcopado norte-americano como uma organização não católica e completamente alheia à Igreja.

"A CDD é, virtualmente falando, uma extensão do lobby do aborto nos EUA e através do mundo. É um grupo de propaganda a favor do aborto. Recebe financiamento de uma série de poderosas fundações que têm muito dinheiro, a maioria delas dos EUA, para promover o aborto como método de controle demográfico", escreveu Dom Morlino à legislatura do Wisconsin.

"Reafirmo que ‘Católicas pelo Direito a Decidir’ não é, de fato, um grupo católico, porque seus membros não aceitam o ensino básico da Igreja. Não me surpreende que, quando ensino a doutrina básica da Igreja Católica, que elas não reconhecem como tal, chamam-na ‘manobras políticas’: uma afirmação que é tão frívola como é irresponsável sua asseveração de que são católicas", concluiu o Bispo.

O Padre Euteneuer concluiu sua carta de felicitação dizendo: "Demos graças a Deus por nos haver dado pastores como Dom Morlino. Dom Morlino nos alertou sobre o triste fato de que ainda há lobos vestidos de ‘católicos’, que arremetem contra os filhos mais pequeninos de Deus".

Nenhum comentário: