segunda-feira, 4 de junho de 2007

sobre o Curso "Introdução à Liturgia da Missa"

No mês de maio ocorreu o 1º evento oficial do Grupo de Estudos Veritas, o curso "Introdução à Liturgia da Missa", que foi dividido em dois domingos (20/05 e 27/05). Participaram do curso cerca de 20 pessoas.

No 1º domingo (20/05), os subtemas foram:
1 - Sola Scriptura X Tradição Apostólica
2 - Sacrifícios e Cultos
3 - Eucharistia
4 - Breve História da Missa

No tema 1, discutimos sobre o falso princípio da Sola Scriptura (de origem protestante) que defende que apenas aquilo que está escrito na Bíblia é útil para a salvação da alma e para ser aplicado na vida cotidiana. Entretanto, esta idéia herética foi derrubada com textos das próprias Escrituras Sagradas e, então, nós as contextualizamos junto à Tradição Apostólica que é de onde essas Escrituras vieram. Desta primeira parte podemos resumir que "A Bíblia não tem razão de ser fora da Igreja, visto que, é parte integrante da sua história", sendo então a Bíblia completamente vinculada à Tradição da própria Igreja.

Na segunda parte, ao falarmos sobre a questão dos "Sacrifícios e cultos" tentamos trazer novamente à luz a Teologia Católica da Missa há muito desprezada. Onde o cárater principal da Santa Missa não é de um banquete ou memória de uma ceia mas, de Sacrifício real do Cristo. Falamos ainda sobre a Eucharistia na sua relação com a Igreja (Ecclesia de Eucharistia,JPII), de onde podemos reafirmar que "sem a Eucharistia a Igreja não há razão de existir".

E finalizamos com um breve resumo da história da Missa ao longo dos séculos.


No 2º domingo (27/05), os temas abordados foram:

5 - Gestos e Atitudes
6 - A Música na Liturgia
7 - As partes da Santa Missa

Neste dia, falamos sobre o que era necessário para a melhor participação das pessoas nas missas. Foram citadas então algumas constantes, destas podemos afirmar que é necessário "ter conhecimento sobre aquilo que vai acontecer (a Missa)", "estar com o espírito voltado para a oração" e vestir-se dignamente.

Com relação à música na liturgia demos a definição dos tipos de música permitidos pela Igreja nas missas (antes e depois do II Concílio do Vaticano). Donde podemos destacar que antes do último Concílio era permitida apenas a Polifonia Sacra e o Canto Gregoriano e após o mesmo abriu-se espaço para os ritmos nacionais e na língua vernácula. Salientamos ainda, alguns pontos que devem ser levados em consideração na ocasião das escolhas das músicas (com relação à letra, melodia e momento) e frisamos o não uso de ritmos musicais como o rock (segundo o que afirma o então Cardeal Ratzinger (hoje papa Bento XVI), em seu livro "Introdução ao Espírito da Liturgia").

Por fim, abordamos o assunto do ritual da Santa Missa segundo a revisão feita em 2002 da "Instrução Geral do Missal Romano". De onde, explicamos a significação do que nos foi possível (devido ao curto tempo).

Este curso teve o intuito trazer de volta à mente das pessoas o verdadeiro sentido da missa para que possamos todos celebrar mais ativamente a sagrada liturgia e para que aquilo que é correto e digno seja conhecido e utilizado adequadamente.

Os slides do curso e alguns documentos utilizamos no mesmo estão disponíveis em:

http://grupoveritas.googlepages.com/arquivosdocursodeintrodu%C3%A7%C3%A3o%C3%A0liturgiadami

Fonte: http://grupoveritas.blogspot.com/2007/06/sobre-o-curso-introduo-liturgia-da.html

2 comentários:

[gabriel] disse...

se você está procurando informações sobre o livro do papa Bento XVI - Introdução ao Espírito da Liturgia - no link abaixo:

http://gbrsouza.blogspot.com/2007/07/sobre-o-captulo-liturgia-e-vida-sobre-o.html

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu